terça-feira, 16 de julho de 2013

11º Capítulo

Aqui está ele, e POR FAVOR, preciso dos vossos preciosos comentários. Espero que gostem e mais uma vez, desculpem a demora.


GOLOOOOO, o inferno da Luz estava ao rubro, o estádio foi abaixo e Fábio tira a camisola oficial para se ver que na de baixo estava escrito “Parabéns Amor” com a foto da namorada Andreia. Este golo tinha-lhe sido dedicado.

(Fábio)
Mandei um beijo dirigido aos camarotes, que tinha como destino a andreia. Eu amava aquela mulher. E assim que senti todos os meus amigos saltarem-me para cima pelo golo marcado que nos deu a tão sofrida vitória, olhei de novo para os camarotes e recebi aquele beijinho tão doce que ela me mandou.

(Andreia)
Aquele Fábio não existia, só ele para se lembrar de vestir aquela camisola, só ele para me mandar um mega beijo depois de um golo que deu a vitória ao nosso glorioso. Respondi-lhe “na mesma moeda” e mandei-lhe outro beijo que vi pela cara dele que tinha adorado.

***

(Rapazes)
Tinham saído do balneário e estavam a dirigir-se ao parque de estacionamento onde tinham combinado com as meninas para dar a prenda à Andreia.

Javi – Uau, isto hoje é que foi, vitória sofrida e aqui um golo do Fábio logo nos anos da Andy.
Matic – Podes crer, mesmo no tempo perfeito.
Rúben – Mas parabéns aqui ao nosso Nolito, ganda golo meu.
Nolito – Oh, obrigada, quem me dera era que a Catarina reagisse como a Andreia, dediquei-lhe o golo, mas a reacção dela foi mais de não ligar nenhuma.
Rodrigo – Não te preocupes mano, as coisas vão compor-se, aquela Tatiana, que azar ter aparecido cá, nem percebi como ela soube.
Nolito – Olha nem eu, mas que descobriu isso descobriu e estragou tudo com a minha Cate, e logo naquele momento em que as coisas estavam a ir mesmo bem, acho que já toda a gente percebeu que não tenho culpa, mas ela apesar de me aceitar, parece que não percebe isso, nem sabem o que me custa, até porque, eu já admiti que a amo e vou esperar o tempo que for preciso por ela, pelo amor da mulher da minha vida.

(Raparigas)
Saíram dos camarotes e estavam a dirigir-se para o estacionamento.

Sara – Ai que a nossa Andy está toda babada com o golo do namorado.
Andreia – Cala-te Sara, quem dera a vocês ter um namorado como o meu, viram bem a camisola dele?!
Daniela – Então não vimos?! Que lindo que ele foi.
Diana – É, também acho que foi muito querido da parte dele.
Inês – E tu Cate, nem sequer reagiste ao golo que o Nolito te dedicou.
Joana – Mas o que é que se passa mesmo entre vocês?!
Catarina – Tipo, eu e ele encontrámo-nos numa esplanada por acaso e estávamos assim,.. vocês percebem né?! E estava mesmo quase a ceder quando a estúpida da ex dele aparece, senta-se no colo dele e pronto beija-o ali na minha frente. Fiquei literalmente para morrer, e pronto eu amo-o, tenho certezas disso, mas fiquei magoada.
Andreia – Ei princesa, mas ele não teve culpa, percebes isso não percebes?
Joana – Sim, é mau de se ver e acredito que só querias um buraco para te enfiares mas ele acima de tudo não teve culpa e pelo que já toda a gente percebeu, ele ama-te miúda.
Catarina – Sim eu sei disso, e estou a tentar perceber isso, mas ele podia ter feito alguma coisa não?!
Inês – e tu ficas-te lá para ver se fez ou não?
Catarina – hum..pois..não. eu desatei a correr dali para fora.
Mariana – não te preocupes, eu acredito é que vocês têm que falar e esclarecer tudo, isto assim não dá com nada, se gostam um do outro a distância não faz qualquer sentido.
Catarina – É, vocês têm toda a razão, tenho de falar com ele.
Andreia – Força nisso. Se precisares sabes que estamos aqui.
Catarina – Obrigada meninas.

Entretanto chegaram ambos à garagem e a Andy desatou a correr para os braços do Fábio que só largou quando finalmente nos encontrávamos todos juntos.

Luisão – Bem Andy, nós decidimos dar-te uma prenda que seja de todo o plantel, esperemos que gostes.
Andreia – Oh Lú não era preciso, mas obrigada.
Nelson – Fizemos questão.
Andreia – Opá vocês são tão parvos. Como é que conseguiram isto?!
Fábio – Oh amor, sabes que aqui dentro se consegue de tudo, mas que giro, quero que a vistas nos jogos, assim todos sabem que és minha.
Andreia – Claro que sou tua e claro que vou usar, é tão linda.

Andreia tinha recebido uma camisola oficial do Benfica a dizer nas costas “Eu amo muito o meu namorado Fábio Coentrão”.

Nesse preciso instante Andreia desatou a correr para a casa de banho mais próxima que ela conhecia naquele estacionamento.

Fábio – Andy, espera… tu estás a vomitar outravez?! Temos de ir ver isso, marca um médico para amanhã rápido princesa, eu vou contigo que amanhã temos folga.
Andreia – Não é preciso amor, já me sinto melhor, um pouco enjoada mas melhor.
Fábio – Não amor, o que quer que isto seja temos de saber.
Andreia – Está bem amor, eu marco.

Chegaram outravez ao pé dos rapazes e das meninas e disseram que iam para casa porque Andreia não se estava a sentir muito bem.

***

(Matic)
Entretanto quando nos despedimos todos, fui levar a Inês a casa e segui caminho para a minha.
Era estranho o facto de tudo ter acontecido tão rápido, mas ao mesmo tempo era bom, porque depois da Jéssica pensava que todo este sentimento que chamam de amor era uma treta. Conheci a Inês, aquela rapariga do norte, tímida, mas muito querida e pensei, à medida que a fui conhecendo, que podia realmente resultar. E não é que resultou mesmo?! Não podia estar mais feliz, sentia-me o homem mais sortudo do mundo por tê-la comigo. Cheguei a casa e mandei uma mensagem à Inês.

(Inês)
O Matic deixou-me em casa e queria imenso que ele subisse mas depois veio-me à cabeça o facto de a casa ser da Joana, não podia levá-lo. Estava entretanto a preparar-me para ir dormir quando recebo uma mensagem do Matic.

De: Amor
‘Olá princesa, é só para te dizer que já cheguei e desejar-te as boas noites. Sonha comigo, amo-te muito meu amor <3’

De: Inês
‘Olá amor, boa noite para ti também, sonha comigo e amo-te daqui até à lua e da lua até aqui <3’

Acabei por adormecer agarrada ao telemóvel que tinha como foto de fundo, eu e o meu namorado.

 (Esta é a mulher dele, Aleksandra, e é linda linda linda)


(Matic)
Acordei tão feliz que nem cabia em mim de tanta felicidade, eu amava aquela mulher e queria-a apenas para mim. Combinámos estar juntos durante a tarde, tinha uma surpresa para ela; fiquei a pensar nisto enquanto tomava um duche rápido. Fui para o treino, aproveitando para dar bom dia à minha princesa, ficando a trocar algumas sms com ela.

***
(Javi)
Depois do jogo, e de termos oferecido a prenda à Andreia, peguei na mão da Joana, queria levá-la a casa para passar mais tempo com ela, tinha uma tarde em cheio na minha cabeça para passar no com ela no dia seguinte e queria que ela dormisse o suficiente, mas quando estávamos quase a chegar à sua porta ela pede-me para voltar para trás.

(Joana)
Apesar do dia maravilhoso que proporcionámos à Andy e de o Javi me levar às nuvens, as inseguranças do meu passado atormentavam-me e tinha medo que pudessem estragar as coisas com o Javi. Pensei em tudo enquanto estava ao lado do Javi, no seu carro, pronto para me levar a casa, até que, precisava mesmo do conforto dele, e pedi para voltar para trás.

- Volta para trás Javi, deixa-me dormir ao teu lado.
- Tudo bem, mas o que se passa Jú?
- Nada de mais, apenas preciso do teu aconchego.

(Javi)
Ao ouvir tal coisa, sorri, e fiz o que ela me tinha pedido, mas fiquei com a sensação de que algo estava mal e tinha de certeza a ver com o seu passado, mas não queria insistir, apenas chegámos a casa, emprestei-lhe uma camisola minha, (como ela ficava linda com ela!), e enroscou-se em mim, acabando por tanto eu como ela adormecermos.

(Joana)
Acordei com o despertador, tinha de ir para a faculdade, tomei um duche, vesti-me, e saí de casa com uma peça de fruta, mas não sem antes deixar um bilhete ao Javi.

***
(Mariana)
Depois do jogo, o Rodrigo ofereceu-se para me levar a casa, convite que obviamente não recusei, mas sentia-me um pouco triste pois a verdade é que estávamos juntos e não havia melhor do que isso, mas nem um pedido de namoro? Era assim, um beijo ou dois e namoramos? Resolvi confrontá-lo.

(Rodrigo)
Senti que algo se passava com a minha pequena, mas podia ser apenas cansaço, não liguei, até que ela suspirou e começou a falar.

- Rodrigo desculpa mas isto para mim não dá assim. Nós beijamo-nos e de repente somos namorados, sem pedido, sem momentos, apenas um ou dois beijos e é assim?! Desculpa mas assim parece mesmo que caio à primeira ‘falinha mansa’ de um qualquer, aliás, eu própria não me sinto bem assim e,..

Já me estava a sentir mal a ouvir tudo aquilo, mas ela tinha razão, eu nem um pedido decente de namoro tinha feito à minha princesa, e acabámos mesmo por chegar a casa dela ainda naquele mau ambiente.

(Mariana)
Estava realmente aborrecida com aquele facto e fazia intenção de que ele percebesse. Provavelmente fui um pouco bruta da forma como falei mas eu tinha de lhe fazer ver como me sentia visto que ele para além de fazer furor com todo o núcleo feminino, ele podia ter quem quisesse.
Saí do carro e dirigi-me à porta da minha casa, ele veio atrás de mim e agarrou-me pela cintura fazendo com que ficássemos frente a frente, e beijou-me, de uma forma intensa e apaixonante que me derreteu, como eu o amava!

- Mariana, queres namorar comigo?

Gelei, mas teve de ser.

- Não é assim tão fácil Rodrigo.

(Rodrigo)
Ela deixou-me sem reacção, mas o que tinha eu a fazer? Vi-a entrar e fui para o carro em direcção a casa. Liguei ao Fábio para falar com a Andreia para tentar convencer a Mariana a ir ter comigo ao seixal depois do treino, e ele disse-me que ela já começava a ter ideias de como conseguir. Agradeci e fui-me deitar sempre com a cabeça no pedido de namoro que lhe ia fazer.

(Mariana)
Custou-me afastá-lo daquela maneira mas tinha de ser, eu tinha de perceber se era realmente sério. Adormeci com a cabeça no Rodrigo até que o barulho do despertador se fez ouvir, a faculdade esperava.

***
(Rúben)
Todo aquele medo que tinha era pelo facto de não ter tido uma namorada a sério como a Diana, por não ter amado ninguém como a amo a ela, mas isso mudou e todos reagiram bem. A Andreia começou a sentir-se mal e acabámos por vir embora.

(Diana)
Fiquei feliz por podermos namorar à vontade, sem qualquer tipo de medos. Só me apetecia abraçá-lo, beijá-lo e não o largar nunca mais. Parece que o apetite foi o mesmo, pois quando chegámos a casa dele, pegou-me ao colo, levou-me para o quarto dele, deitou-se por cima de mim e beijou-me. Deitou-se ao meu lado, enrosquei-me a ele e pronunciei um sincero Amo-te.

- Também te amo muito minha princesa.

(Rúben)
Acordei quando o despertador tocou, pus o meu ligeiramente mais cedo e desliguei o dela. Cheguei ao quarto e enchi-a de beijos.

- Bom dia meu amor.

Vi-a espreguiçar-se.

- Bom dia príncipe, que horas são?
- Horas de te despachares e tomares o pequeno-almoço que te preparei no jardim.
- Oh amor não tinhas de ter tanto trabalho por minha cau,..

Beijei-a, eu por ela fazia tudo isto e muito mais. Levei-a à faculdade e segui para o Seixal.

***
(David)
Enquanto estávamos a entregar a prenda à Andy, ela sentiu-se mal e acabámos mesmo por ir embora. Levei a Daniela a casa e estava a custar despedir até porque queria sempre mais um beijinho da minha namorada (como sabia bem dizer isto!), até que ela entrou no carro.

(Daniela)
Não estava mesmo a dar para dormir longe do meu caracóis, entrei no carro e disse para ir-mos para casa dele. Aterrámos na cama dele sempre com o David a encher-me de beijos e festinhas nas minhas bochechas. Acabámos mesmo por adormecer, eram 7h30 quando o meu despertador tocou, e eu estava literalmente rodeada pelos braços do David, comecei a tentar sair, mas cada vez que estava prestes a conseguir, ele puxava-me para ele e agarrava-me ainda com mais força até que o comecei a acordar com beijos e festinhas. Lá consegui sair dos braços em que me sentia protegida, fui tomar banho, tomar o pequeno-almoço e segui para a faculdade, mas não sem antes me despedir do meu namorado que assim que cheguei ao quarto estava a dormir que nem um bebé.

***
(Nelson)
Depois do jogo levei a Sara para minha casa.

- Amor gostaste do jogo?
- Sim amor porquê?
- Estás em baixo princesa.
- Estou preocupada com a Andreia, só vomita, anda enjoada,..espera lá, será que,.. Oh meu deus! Vou ligar-lhe.
- Princesa, amanhã falas com ela. Deixa-a dormir e o Fábio está lá, descansa.

(Sara)
Apeteceu-me lançar para os braços do meu homem, o que deu “asneira”, acabaram por estar as roupas todas espalhados pelo chão e o Nelson a amar-me e a fazer-me dele. Acabámos por adormecer nos braços um do outro, até que o meu despertador tocou; estava na hora de ir para as aulas, tinha de falar com a Andy, e contar-lhe que fiz amor com o meu amor; nós contávamos estas coisas, e ela já há tempo que falava disto, vai ficar radiante.

***
(Fábio)
Estava realmente feliz por a minha princesa ter gostado da dedicatória depois do golo e achei imensa piada à prenda que o resto do pessoal lhe deu, mas depois tudo desmoronou, a Andy voltou a vomitar e a sentir-se realmente enjoada, não pude esperar até ao dia a seguir por uma consulta. Liguei ao médico da Andreia e ele disse que teríamos consulta agora mesmo no hospital da luz. Peguei nela e para lá segui.

(Andreia)
O Doutor Antunes perguntou-nos as coisas básicas sobre como era com as refeições até que passou a querer saber da vida sexual que eu e o Fábio levávamos, até que me recomendou a fazer umas análises, levando-me logo a seringa ao braço, pedindo à enfermeira os resultados imediatos, pois era urgentíssimo.

- Como te sentes princesa? – Perguntou fazendo-me festas no cabelo.
- Bem amor, mas um pouco enjoada.

(Fábio)
Estava realmente preocupado, comecei mesmo a pensar que algo de mal poderia acontecer à minha menina. Nisto entra o Doutor que vem com um sorriso estampado no rosto.

- Já sabe o que se passa?
- Já sim Sr. Fábio.
- A menina Andreia está grávida de 9 semanas.
- O quê?! – Perguntámos ao mesmo tempo.
- Não é bom? – Perguntou o médico confuso.

(Andreia)
Bom? Deve estar a brincar, é o melhor que poderia ter acontecido. Eu estou grávida do homem da minha vida, mais feliz não poderia estar. Mas o Fábio estava completamente sem reacção, o que me deixou assustada.

- Amor, estás bem?
- Eu? Princesa, eu sonho com isto desde que te conheci, tu tens aí o fruto do nosso amor, como posso não estar bem e feliz meu amor? Olá filhote, o papá está ansioso que saias daí – Disse ele dando beijinhos na minha barriga.

(Fábio)
Depois de tudo esclarecido, fomos para casa, adormecemos em conchinha e eu com as mãos apoiadas na barriguinha da minha pequena. Ouvi o despertador dela tocar e ela apenas se mexeu para se enroscar para o outro lado e eu tive de a acordar com muitos beijinhos e festinhas na barriga. Ela lá se levantou, fui tomar banho com ela e levei-a à luz, por pedido dela, para falar com o presidente Luís Filipe Vieira, e segui para o Seixal.

***
(Catarina)
É verdade que estava bem com o Nolito mas não soube mesmo o que fazer quando me dedicou aquele golo, eu bem queria sorrir que nem uma tonta apaixonada, mas não estava a conseguir assimilar isso e mostrei desinteresse que não era o que realmente sentia. Senti que o tinha magoado, e no entanto tinha amado aquele gesto e só me apetecia beijá-lo e abraça-lo e esquecer que aquela estúpida se tinha metido entre nós. A conversa com as meninas ajudou-me a ganhar a coragem que eu precisava.

(Nolito)
Estava triste, mas como ela me tinha pedido para ir com calma comecei a pensar que poderia ter ido depressa demais e foi com esse pensamento que segui com todos eles para o estacionamento e depois da entrega da prenda, estava a preparar-me para ir embora quando oiço a Catarina bem perto de mim

- Não quero que se estrague tudo isto por ela, eu amo-te e não quero nem consigo esperar mais.

Nisto, virei-me e senti os lábios dela nos meus.
Depois de uns momentos bem passados resolvi ir pô-la a casa e achei melhor conversarmos apenas no dia seguinte, tinha medo que ela se arrepende-se e pareceu-me que ela tinha percebido os meus receios, mas nada disse, apenas me beijou, sorriu e disse-me um amo-te. Aquela felicidade que via nela contagiava-me.

(Catarina)
Cheguei a casa e fui preparar-me para dormir, decidi parar com medos e avançar, mas senti o Nolito reticente, percebi que só iria arriscar falar no dia seguinte, acabei por não aguentar e mandar-lhe uma mensagem.
De: Catarina

‘Percebi que não irias falar, mas é mesmo isto que quero, não me vou arrepender quando acordar amanhã, aliás, vou é sentir a tua falta, a falta dos teus lábios, da tua voz, do teu cheiro. Dorme bem. Te amo <3’.


Acabei assim por adormecer sempre com o pensamento nele.

Beijinhos, gosto muito de vocês  

4 comentários:

  1. Eu lembro-me dessa prenda deles para a Andy! :p
    A Inês e o Matic são tão queridos *-* (e a mulher do Matic também *-*)
    Aii bf, agora fiquei curiosa acerca do passado da Joana :/
    E pronto, a parte que eu estou sempre sempre ansiosa para ler: Mariana e Rodrigo. ''fazer furor com todo o núcleo feminino'', omg bf, o meu menino é mesmo demais $: ahaha aii, e agora? Ela recusou o pedido dele (feito meio às três pancadas, diga-se de passagem bf) e o que é que vai acontecer agora?!
    O David e a Daniela são tão queridos! O caracolinhos é mesmo querido pá! ahaha
    Onee, a Sara e o Nélson, omg, que lindos! A Andreia vai delirar ahah
    Ai bf, espero que aquela parva da Tatiana não apareça mais! Só faz estragos! Mas bem, a Catarina está a começar a 'ceder', isso é bom :D
    E pronto, agora a noticia do capitulo: A ANDY ESTÁ GRAVIDAAAAAA! YEYYYY! xD mas agora a sério bf, (apesar de eu já saber) fiquei tão contentee! Vai ser tão lindo! Ai e o Fábio, tão fofinho a falar para a barriga dela $:
    Resumindo, e não é novidade nenhuma: ameiiiiiiii o capitulo princesa!
    E sabes mais uma coisa? TE AMOOOOO MELHOR AMIGAAAAA <3
    (quero o próximo capitulo, rápido bf! :p)

    ResponderEliminar
  2. Olá querida : )

    Ora bem por onde começo xD
    A Andreia grávida, que riqueza, aí vem um Coentrão'zinho ahah espero que corra tudo bem; A prenda muito original sim senhora :p ;
    Todos os casais são super amorosos, parecem feitos um para o outro! Ainda bem que Catarina perdoou o Nolito.

    Ui e o pedido de namoro do Rodrigo promete! Espero que ela aceite xD

    Resumindo estou ansiosa pelo próximo!
    Beijinhos
    Ritááá xD

    ResponderEliminar
  3. Olá olá! Amei!!
    1- A Andreia está gravida!?! Era lindo!
    2-Matic e Ines lindos como sempre!
    3-Joana e Javi muito fofinhos!! Mas eu quero saber o passado dela!
    4-Rodrigo e Mariana ai que ela tem de aceitar o pedido de namoro!
    5-David e Daniela e Ruben e Diana é so love!
    6-Nelson e Sara renderam-se um ao outro e tiveram uma noite calliente! Boa!
    7-Fabio e Andreia vão ser papas! Que bom! Já tou a imaginar um mini Fábio xD
    8-Espero que a Catarina e o Nolito fiquem mesmo bem, juntinhos!
    Quero o próximo guapa! Besos!

    ResponderEliminar
  4. Fantástico...

    Quero mais...

    Tou super curiosa para ver o próximo... Continua...

    ResponderEliminar